Pular para o conteúdo principal

Festa da empresa: Saiba como não queimar sua imagem





É festa da empresa, e não balada!

 


O momento é de descontração e de celebrar os resultados obtidos no ano, mas muitas vezes as pessoas se comportam de maneira extravagante e sem pensar nas consequências de sua imagem na empresa após a festa.

O excesso de bebida, reclamações, roupas ousadas e piadas de mau gosto podem além de tornar o profissional assunto do dia seguinte, resultar até mesmo em demissão, em casos extremos.

Saiba o que pega bem e o que queima a sua imagem na festa da empresa:

1. Postura: Não faça brincadeirinhas maldosas com os colegas e os gestores. Se ficar na dúvida, avalie: você faria o mesmo se estivesse em um dia normal de trabalho?
  • Dance, divirta-se, mas não cogite descer até o chão quando tocar a sua música favorita. Algumas danças podem render fotos em poses mais ousadas, que serão motivos de comentários nada profissionais;
  • Não exponha a sua vida pessoal; não fofoque sobre os colegas e não critique a organização da festa. Ah! E o mais importante, nunca fale mal do chefe;
  • Aproveite o momento para melhorar a sua network (rede de contatos) na empresa. E, mesmo que não esteja conectado ao evento, não se isole, nem adote uma postura mal-humorada. Simpatia e boa educação são sempre bem vistos;
  • Paquerar: Não é o momento de “dar em cima” do (a) colega, e mesmo que esteja rolando um clima, essa não é a ocasião para rolar algo. Espere para marcar um encontro somente entre vocês dois, longe da equipe da empresa.
  • Acompanhantes: Confira com os organizadores da festa se é possível levar alguém, caso não esteja especificado no convite;


2. Redes sociais: As redes sociais são uma vitrine.  69% das empresas usam as redes sociais para recrutar profissionais, fazer negócios e até mesmo demitir. Tenha atenção as suas publicações. Pequenas delicadezas evitam mal-entendidos.
  • Evite postar fotos constrangedoras dos colegas. Seja delicado, pergunte antes de marcar e postar a foto de alguém;
  • Na dúvida de postar pergunte-se: a que estou vinculando minha imagem? Qual o impacto que ela trará?
  • Se for para fazer check-in, que seja útil, elogie ou dê uma dica sobre como chegar ao local;
  • Evite curtir o próprio post ou foto, autoelogio não pega bem;
  • A zoeira tem limites na empresa: Às vezes, uma piada pode ofender, mesmo que essa não tenha sido a intenção. Nunca faça comentários ofensivos disfarçados de piadas. Brincar com racismo, homofobia ou intolerância religiosa, nem mesmo de “brincadeirinha” pega bem;
  • Selfies: fotos dos pratos e da decoração são bacanas, mas, lembre-se: sem críticas;
  • Fotos com bebidas alcoólicas ou cigarro não pegam bem para imagem profissional e devem ser sempre evitadas. A festa é social, mas, sua postura deve ser profissional;
  • Coloque o celular no silencioso ou desabilite os sons que normalmente são emitidos a cada notificação. Ninguém merece uma sinfonia no meio do jantar ou no discurso do amigo secreto;

3. O que vestir?  Esse é um dos itens mais delicados, pois há quem confunda festa da empresa com balada, e não é.  Caso, o tipo de traje não esteja no convite do evento, tenha em mente que o encontro segue sendo profissional, por mais que o ambiente seja informal, não exagere na hora de se vestir.
  • Mulheres: Evitem transparências, decotes exagerados, roupas muito justas, vestidos curtos, minissaias e cores chamativas. Afinal, se você não usou esse tipo de roupa durante o ano na empresa, para que usar na festa de fim de ano? 
  • Homens: evitem bermudas, calças rasgadas, tênis e excesso de acessórios, como: correntes e anéis.  Que tal um jeans básico e uma camisa?


4. Comes e bebes: Seja educado na hora de se servir
  • Não saia correndo para a fila; dê preferência para idosos, pessoas com deficiência e gestantes;
  • Quando chegar ao buffet, não encha demais seu prato. Não é porque a empresa está pagando (se for o caso) que você precisa exagerar e comer como se não houvesse amanhã;
  • Bebidas alcoólicas: Se você está acostumado a beber, beba pouco. Se não está, nem beba. Beber demais pode causar uma enorme ressaca moral;

5. Amigo secreto: A troca de presentes pode ser uma tremenda saia justa
  • Compre o que o seu amigo pediu. Se não houver uma lista, escolha um vale-presente de uma livraria ou de uma loja de roupas;
  • Não ultrapasse o valor definido para o presente (mesmo se tirar seu chefe, ou conviva com o apelido de puxa-saco para sempre), e nem dê algo de menor valor;
  • Na hora de apresentar o seu amigo secreto não critique nem aponte defeitos, fale das qualidades pessoais e profissionais dele;

 Dicas finais: Você estará sendo observado, então, por mais que seja uma festa, lembre-se que continua sendo um ambiente profissional, afinal, você estará cercado das mesmas pessoas com quem convive diariamente no trabalho; divirta-se e boa festa!



Conecte-se para encontrar e ser encontrado! Conheça nossos serviços




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Terceiro Setor: Características e Classificação

O Terceiro Setor apresenta uma complexidade de assuntos relevantes que podem se desdobrar em temas de diversas áreas do conhecimento, desde as ciências humanas até a aplicação da tecnologia da informação na estruturação das redes de entidades.  Características :  Os principais objetivos são sociais, em vez de econômicos; Não distribuem lucro a seus administradores e proprietários;  Possuem alto nível de voluntariado e participação da sociedade; As atividades e objetivos são decididas por seus membros; Organização: São organizadas formalmente; Possuem estrutura interna; Objetivos formais; Distinção entre sócios e não-sócios; A dministram as próprias atividades; Normalmente são regidas por um Conselho;    No Brasil as organizações do terceiro setor classificam como: Empreendimentos sem fins lucrativos Fundações empresariais Igrejas e instituições religiosas ONGs e movimentos sociais O Terceiro Setor, ao contrário de organizações d

Qualidade e defeitos de um bom líder

Segundo pesquisa a capacidade de inspirar pessoas é a principal qualidade de um bom líder. Um levantamento da consultoria Robert Half, realizado com 300 executivos brasileiros, identificou as três principais qualidades de um bom líder, que são:   Capacidade de inspirar outras pessoas  (com 43,4% das indicações)   Ser ético (42%)              Capacidade de tomar decisões (38,9%)      A pesquisa também apontou os maiores defeitos de um líder: Desequilíbrio emocional:  26,4% Arrogância:  19,3% Centralização: 16,4% #FICA A DICA!   Leia também: A essência de uma boa liderança Karla Aprato -  Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas Para fins de direitos autorais de imagem declaro que a foto usada no post não é de minha autoria e que os autores não foram identificados.    

10 tipos de funcionários

10 tipos de funcionários difíceis e como gerenciá-los A principal tarefa de um gestor é lidar com pessoas de todo o tipo e nem sempre isso é fácil. O site Inc.com fez uma lista dos dez tipos de colaboradores mais difíceis, com conselhos de como gerenciá-los da melhor maneira.  1- O competitivo Não importa quanto esforço seja necessário, quantas horas trabalhadas, quantas ideias roubadas, quantas pessoas machucadas pelo caminho, o competitivo não vai parar de seguir a meta de vencer até que esteja completamente convencido disso e, principalmente, até que consiga comprovar que alguém perdeu. Como lidar: Tire o foco dele e coloque no time para que ele possa entender que o que vale é o trabalho em equipe. Se for possível dar um incentivo prático para isso, por meio de algum tipo de premiação, melhor ainda. Ele fará de tudo para todos conquistarem o melhor e não apenas ele mesmo, e terá que dividir a glória por isso. 2- O indeciso Ele le