Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 14, 2013

Você acessa a rede social no trabalho?

Mais de 80% dizem não acessar redes sociais durante o trabalho, aponta pesquisa A procrastinação (ou adiar tarefas) é um dos assuntos mais polêmicos quando se fala em trabalho. Alguns estudos mostram que se desligar um pouco dos afazeres durante o expediente pode prejudicar o rendimento. Outros, porém, apontam o contrário: ter liberdade para dedicar alguns minutos do trabalho a uma atividade livre e prazerosa, ouvir música ou mesmo "dar uma espiadinha" em sua página nas redes sociais pode aumentar a produtividade. Ainda não existe, porém, um consenso em relação ao assunto. Mas o que os profissionais pensam sobre isso? Será que a maioria utiliza as redes sociais no ambiente profissional? O site Trabalhando.com realizou uma pesquisa com 991 profissionais - 38% homens e 62% mulheres - e descobriu que 81% deles dizem que não acessam as redes sociais enquanto estão no trabalho, enquanto apenas 19% afirmam utilizar. A pesquisa ainda apontou que, para 51%

As 10 profissões que mais atraem psicopatas

Confira se VOCÊ está na lista!  Ter um colega de trabalho psicopata pode ser mais comum do que se imagina e isso não significa que alguém será cortado com uma serra elétrica. Falta de empatia, tendência à insensibilidade, desprezo pelos sentimentos de outras pessoas, irresponsabilidade, irritabilidade e agressividade são as principais características da psicopatia, um transtorno de personalidade anti-social.     A publicação britânica The Week divulgou duas listas: uma com as profissões que mais possuem psicopatas e outra com as que possuem menos psicopatas. Vamos lá:     O site da revista justifica o ranking da lista de profissões que possuem menos psicopatas. Segundo a publicação, essas atividades precisam de conexão humana e, por sua própria natureza, os psicopatas não seriam atraídos por elas. Por outro lado, a maioria das funções que atraem mais psicopatas requer capacidade de tomar decisões objetivas, sem usar os sentimentos. "Psicopatas seriam atr

Escritório compartilhado NÃO é produtivo?

Em um ambiente de trabalho aberto, livre de salas, porta fechada e divisória é mais fácil se comunicar, interagir e, portanto, produzir, certo?  Errado!!! É o que diz um estudo feito pelos pesquisadores Jungsoo Kim e Richard de Dear, da Universidade de Sydney, na Austrália. Os resultados foram divulgados pela Harvard Business Review. Foram ouvidos mais de 42 mil funcionários em 303 prédios corporativos. De acordo com a pesquisa quem divide um único espaço no emprego reclama não só de barulho ou falta de privacidade como até mesmo da qualidade do ar compartilhado e das cores e texturas usadas pelos colegas em suas mesas. O principal problema, segundo o levantamento é a falta de privacidade ao falar. 60% das pessoas disseram estar frustradas em relação à privacidade do som no ambiente de trabalho. Metade daqueles em cujas mesas não há divisão nenhuma reclamaram do mesmo. Entre os que têm salas privadas, o número não chega a 20%. Foram registrados aborreci