Pular para o conteúdo principal

As piores desculpas para atrasos #QuemNunca?


Atire a primeira pedra quem nunca passou o caminho inteiro para o trabalho de dedos cruzados  rezando para que o chefe não estivesse na empresa ? ou que para que pelo menos ele pegasse leve na frente dos outros colaboradores.

Segundo levantamento feito pelo Career Builder  o trânsito ainda é o principal culpado para tanta gente chegar atrasado ao trabalho. Segundo a pesquisa, 31% dos funcionários americanos chegaram depois do horário estipulado para início do expediente porque ficaram presos no meio do caminho. Mas este não é o único motivo.

Além de uma má administração do tempo, veja algumas das desculpas mais bizarras de funcionários que chegaram atrasados e que foram mapeadas pelo Career Builder: 

  • Uma funcionária deixou a bolsa cair em uma máquina de venda de jornais que funciona com moedas e não tinha como tirá-la de lá sem dinheiro (que, por sinal, estava na bolsa);
  • Um funcionário, acidentalmente, calçou os sapatos da namorada do colega de quarto dele e teve que voltar para trocar;
  • A esposa de um funcionário, com raiva, congelou as chaves do carro dele em um copo com água;
  • O carro de um funcionário não ligou porque o bafômetro especial para carros indicou que ele estava alcoolizado. Em alguns estados americanos, motoristas acusados de dirigirem bêbados são obrigados a instalar um dispositivo que trava o funcionamento do motor caso o condutor tenha ingerido álcool;
  • O profissional tentou cortar o próprio cabelo antes do trabalho, mas o barbeador parou de funcionar. Ele teve que esperar o cabeleireiro abrir para arrumar o cabelo;
  • O carro de um funcionário foi atacado por um urso. Ele tinha uma foto para confirmar o fato;
  • O funcionário foi para o antigo emprego por engano;
  • A funcionária se atrasou porque teve que colocar uma capa de chuva sobre uma estátua de cimento do seu jardim. A previsão era de chuva para aquele dia.

Em pesquisa semelhante feita no ano passado, o Career Builder detectou que 34% dos executivos já demitiram um funcionário por atrasos. Por isso, muita cautela ao ter uma destas “justificativas” na manga na hora de chegar atrasado. Que tal se organizar melhor, hein? 


Karla Aprato - Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas






#FicaDica Leia também: Quer ter mais tempo? 









Para fins de direitos autorais de imagem declaro que a foto usada no post não é de minha autoria e que os autores não foram identificados. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Terceiro Setor: Características e Classificação

O Terceiro Setor apresenta uma complexidade de assuntos relevantes que podem se desdobrar em temas de diversas áreas do conhecimento, desde as ciências humanas até a aplicação da tecnologia da informação na estruturação das redes de entidades.  Características :  Os principais objetivos são sociais, em vez de econômicos; Não distribuem lucro a seus administradores e proprietários;  Possuem alto nível de voluntariado e participação da sociedade; As atividades e objetivos são decididas por seus membros; Organização: São organizadas formalmente; Possuem estrutura interna; Objetivos formais; Distinção entre sócios e não-sócios; A dministram as próprias atividades; Normalmente são regidas por um Conselho;    No Brasil as organizações do terceiro setor classificam como: Empreendimentos sem fins lucrativos Fundações empresariais Igrejas e instituições religiosas ONGs e movimentos sociais O Terceiro Setor, ao contrário de organizações d

Qualidade e defeitos de um bom líder

Segundo pesquisa a capacidade de inspirar pessoas é a principal qualidade de um bom líder. Um levantamento da consultoria Robert Half, realizado com 300 executivos brasileiros, identificou as três principais qualidades de um bom líder, que são:   Capacidade de inspirar outras pessoas  (com 43,4% das indicações)   Ser ético (42%)              Capacidade de tomar decisões (38,9%)      A pesquisa também apontou os maiores defeitos de um líder: Desequilíbrio emocional:  26,4% Arrogância:  19,3% Centralização: 16,4% #FICA A DICA!   Leia também: A essência de uma boa liderança Karla Aprato -  Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas Para fins de direitos autorais de imagem declaro que a foto usada no post não é de minha autoria e que os autores não foram identificados.    

O que te atrai?

As possibilidades de desenvolvimento de carreira permanecem no topo da lista dos fatores que atraem profissionais para uma determinada empresa, e são consideradas mais importantes que um salário alto, com bons benefícios. Essa é a principal conclusão de uma pesquisa feita pelas consultorias LAB SSJ e Clave, realizada com 10 000 pessoas. De acordo com os entrevistados, as empresas mais atrativas são aquelas que oferecem os seguintes itens: 1- Perspectivas de carreira futura (13%) 2- Reconhecimento e valorização (11,5%) 3- Desenvolvimento de novas capacidades, cursos e treinamentos (10,3%) 4- Remuneração competitiva em relação ao mercado (6,9%) 5- Ótimos benefícios (6,7%) 6- Equilíbrio entre trabalho e vida pessoal (5,8%) 7- Desafios e responsabilidades relevantes (5,4%) Com base na opinião dos pesquisados, o estudo também listou as organizações brasileiras que mais oferecem os fatores mencionados acima, a saber: 1- Petrobrás 2- Vale 3- Google 4- Coc