Pular para o conteúdo principal

O que é Networking?


A palavra vem da união dos termos em inglês: Net= Rede + Working =Trabalhando, em português: Rede de contatos profissionais.

Networking é uma ação estratégica que deve ser feita sempre, não somente nos momentos difíceis da sua carreira, visto que, uma pessoa bem relacionada com uma ampla rede de contados ativa certamente terá sempre ao seu alcance as melhores oportunidades profissionais, não é mesmo?

Qual o objetivo do Networking? Estabelecer contato com profissionais que poderão exercer influência positiva na sua carreira.

10 Razões para criar uma rede de contatos:
  1. Agregar novas experiências e conhecimentos;
  2. Obter informações e atualizações relevantes para seu dia a dia;
  3. Captar recursos financeiros para um projeto;
  4. Divulgar seu trabalho;
  5. Captar novos clientes/parceiros;
  6. Satisfação pessoal em ajudar;
  7. Solicitar conselho e dicas;
  8. Ter acesso a oportunidades e atualidades no mercado de trabalho;
  9. Formar relacionamentos reais que vão agregar valor;
  10. Ser visto como uma fonte confiável;

#Reflita:
Uma rede de contatos usada de maneira estratégica serve como ferramenta para chegar a pessoas e empresas de maneira mais rápida e objetiva. Além de uma excelente oportunidade do profissional crescer na carreira, se manter no mercado ou até mesmo efetivar uma recolocação.

Como praticar Networking?

A dica é: desenvolva sua rede de contatos quando estiver em ascensão ou estabilizado na carreira. Um erro muito comum que reduz e muito as chances de sucesso é preocupar-se ativamente com seus contatos apenas no momento em que a necessidade surge, ou quando se atravessa uma situação difícil.
Se você não conhece ninguém na aérea em que gostaria, comece a frequentar locais e eventos cujo tema é de seu interesse como: Seminários, palestras, cursos e workshops)
Criar e manter uma rede de contatos é uma atitude estratégica e inteligente, e não está relacionada a puxa-saquismo ou falsidade, a não ser que você confunda as coisas e tente forçar uma amizade com os seus contatos profissionais, claro que pode acontecer uma amizade com um contato profissional, mas num primeiro momento não é esse o foco. Não se precipite! Nada de colocar os pés pelas mãos.

Por onde começar? 
Se você não tem uma rede de contatos estruturada, comece reforçando e reatando os contatos que você conhece na sua área. Mova-se!  Busque as pessoas com quem trabalha ou trabalhou a partir delas você irá expandir naturalmente sua rede.
Utilize a rede social a seu favor, o LinkedIn, por exemplo, é um recursos gratuito, assim como tantos. Você também pode utilizar o e-mail como uma forma de começar a agir e principalmente interagir, mas não pode ser a única, então... #Mova-se!  

Lembre-se a rede social serve para cultivar o relacionamento, e não encurralar ou pressionar alguém. Boa sorte e ao trabalho!




Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas






Fique por dentro das DICAS sobre  mercado de TRABALHO e VAGAS de emprego CURTA  no facebook e siga no twitter @karreiracom 









Créditos da foto: GTRtist


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Terceiro Setor: Características e Classificação

O Terceiro Setor apresenta uma complexidade de assuntos relevantes que podem se desdobrar em temas de diversas áreas do conhecimento, desde as ciências humanas até a aplicação da tecnologia da informação na estruturação das redes de entidades.  Características :  Os principais objetivos são sociais, em vez de econômicos; Não distribuem lucro a seus administradores e proprietários;  Possuem alto nível de voluntariado e participação da sociedade; As atividades e objetivos são decididas por seus membros; Organização: São organizadas formalmente; Possuem estrutura interna; Objetivos formais; Distinção entre sócios e não-sócios; A dministram as próprias atividades; Normalmente são regidas por um Conselho;    No Brasil as organizações do terceiro setor classificam como: Empreendimentos sem fins lucrativos Fundações empresariais Igrejas e instituições religiosas ONGs e movimentos sociais O Terceiro Setor, ao contrário de organizações d

O que te atrai?

As possibilidades de desenvolvimento de carreira permanecem no topo da lista dos fatores que atraem profissionais para uma determinada empresa, e são consideradas mais importantes que um salário alto, com bons benefícios. Essa é a principal conclusão de uma pesquisa feita pelas consultorias LAB SSJ e Clave, realizada com 10 000 pessoas. De acordo com os entrevistados, as empresas mais atrativas são aquelas que oferecem os seguintes itens: 1- Perspectivas de carreira futura (13%) 2- Reconhecimento e valorização (11,5%) 3- Desenvolvimento de novas capacidades, cursos e treinamentos (10,3%) 4- Remuneração competitiva em relação ao mercado (6,9%) 5- Ótimos benefícios (6,7%) 6- Equilíbrio entre trabalho e vida pessoal (5,8%) 7- Desafios e responsabilidades relevantes (5,4%) Com base na opinião dos pesquisados, o estudo também listou as organizações brasileiras que mais oferecem os fatores mencionados acima, a saber: 1- Petrobrás 2- Vale 3- Google 4- Coc

Qualidade e defeitos de um bom líder

Segundo pesquisa a capacidade de inspirar pessoas é a principal qualidade de um bom líder. Um levantamento da consultoria Robert Half, realizado com 300 executivos brasileiros, identificou as três principais qualidades de um bom líder, que são:   Capacidade de inspirar outras pessoas  (com 43,4% das indicações)   Ser ético (42%)              Capacidade de tomar decisões (38,9%)      A pesquisa também apontou os maiores defeitos de um líder: Desequilíbrio emocional:  26,4% Arrogância:  19,3% Centralização: 16,4% #FICA A DICA!   Leia também: A essência de uma boa liderança Karla Aprato -  Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas Para fins de direitos autorais de imagem declaro que a foto usada no post não é de minha autoria e que os autores não foram identificados.