Pular para o conteúdo principal

As cidades que mais contrataram e que mais demitiram em março



Confira abaixo as listas das 50 cidades que mais geraram postos de trabalho em março de 2012 e as 50 que mais demitiram no período. As capitais estão em negrito.
Porto Alegre está entre as 5 cidades que mais contrataram no mês de março. 


Leia também:
Como criar um currículo 
O que não escrever no currículo 



                                                    50 CIDADES QUE MAIS CONTRATARAM EM MARÇO
Cidade                                                                                     Saldo de vagas
(diferença entre contratações e demissões)
São Paulo (SP)18.284
Rio de Janeiro (RJ)8.303
Goiânia (GO)4.314
Belo Horizonte (MG)4.153
Porto Alegre (RS)3.750
Curitiba (PR)3.408
Santa Cruz do Sul (RS)2.627
Recife (PE)2.230
Salvador (BA)2.177
Uberlândia (MG)2.169
Franca (SP)2.064
Brasília (DF)1.850
Jundiaí (SP)1.721
Guarulhos (SP)1.686
Venâncio Aires (RS)1.554
Santos (SP)1.535
Governador Valadares (MG)1.518
Altamira (PA)1.508
Jaboatão dos Guararapes (PE)1.500
Joinville (SC)1.495
Maringá (PR)1.410
São Caetano do Sul (SP)1.314
Pontal (SP)1.302
Blumenau (SC)1.282
Natal (RN)1.164
Campinas (SP)1.163
Aracaju (SE)1.105
Santo André (SP)1.072
Cristalina (GO)1.049
Serra (ES)1.030
Jaraguá do Sul (SC)1.006
Limeira (SP)910
São José (SC)899
Brusque (SC)894
Feira de Santana (BA)871
Macaé (RJ)847
Itamaraju (BA)840
Santa Helena de Goiás (GO)810
Nova Lima (MG)776
Nova Serrana (MG)776
Ribeirão Preto (SP)776
Monte Aprazível (SP)772
São José dos Pinhais (PR)768
Guararapes (SP)767
Canoas (RS)746
Juiz de Fora (MG)721
Contagem (MG)714
Sorocaba (SP)714
Itabira (MG)711
Novo Hamburgo (RS)698
                                                           50 CIDADES QUE MAIS DEMITIRAM EM MARÇO
Cidade                                                                                     Saldo de vagas
(diferença entre contratações e demissões)
Coruripe (AL)-3.941
Bebedouro (SP)-3.340
Matão (SP)-3.101
São Miguel dos Campos (AL)-2.379
Sirinhaém (PE)-2.370
Rio Largo (AL)-2.290
Maceió (AL)-2.180
Campo Alegre (SC)-1.915
Vacaria (RS)-1.884
Penedo (AL)-1.682
Santa Rita (PB)-1.644
Fraiburgo (SC)-1.429
Florianópolis (SC)-1.070
União dos Palmares (AL)-976
Belém (PA)-947
São Luís (MA)-918
Salgueiro (PE)-834
Manaus (AM)-810
Sertãozinho (SP)-806
Sorriso (MT)-704
Araucária (PR)-699
Duque de Caxias (RJ)-645
Fortaleza (CE)-594
Itapetinga (BA)-579
Marechal Deodoro (AL)-576
Caxias do Sul (RS)-550
Capão da Canoa (RS)-526
Sobral (CE)-487
São Manuel (SP0-486
Rio Branco (AC)-468
Mauá (SP)-433
Santa Cruz do Rio Pardo (SP)-432
Itapevi (SP)-428
Teólifo Otoni (MG)-419
Nanuque (MG)-397
Tramandaí (RS)-396
Porto Seguro (RS)-389
Mamanguape (PB)-363
São José dos Campos (SP)-347
Atibaia (SP)-346
Maragogipe (BA)-334
Almeirim (PA)-334
Ipatinga (MG)-333
Mossoró (RN)-332
Ananindeua (PA)-326
Ipojuca (PE)-314
Araras (SP)-302
Tailândia (PA)-288
Botucatu (SP)-279
Igarassu (PE)


Fonte: G1.com 
-262


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Terceiro Setor: Características e Classificação

O Terceiro Setor apresenta uma complexidade de assuntos relevantes que podem se desdobrar em temas de diversas áreas do conhecimento, desde as ciências humanas até a aplicação da tecnologia da informação na estruturação das redes de entidades.  Características :  Os principais objetivos são sociais, em vez de econômicos; Não distribuem lucro a seus administradores e proprietários;  Possuem alto nível de voluntariado e participação da sociedade; As atividades e objetivos são decididas por seus membros; Organização: São organizadas formalmente; Possuem estrutura interna; Objetivos formais; Distinção entre sócios e não-sócios; A dministram as próprias atividades; Normalmente são regidas por um Conselho;    No Brasil as organizações do terceiro setor classificam como: Empreendimentos sem fins lucrativos Fundações empresariais Igrejas e instituições religiosas ONGs e movimentos sociais O Terceiro Setor, ao contrário de organizações d

O que te atrai?

As possibilidades de desenvolvimento de carreira permanecem no topo da lista dos fatores que atraem profissionais para uma determinada empresa, e são consideradas mais importantes que um salário alto, com bons benefícios. Essa é a principal conclusão de uma pesquisa feita pelas consultorias LAB SSJ e Clave, realizada com 10 000 pessoas. De acordo com os entrevistados, as empresas mais atrativas são aquelas que oferecem os seguintes itens: 1- Perspectivas de carreira futura (13%) 2- Reconhecimento e valorização (11,5%) 3- Desenvolvimento de novas capacidades, cursos e treinamentos (10,3%) 4- Remuneração competitiva em relação ao mercado (6,9%) 5- Ótimos benefícios (6,7%) 6- Equilíbrio entre trabalho e vida pessoal (5,8%) 7- Desafios e responsabilidades relevantes (5,4%) Com base na opinião dos pesquisados, o estudo também listou as organizações brasileiras que mais oferecem os fatores mencionados acima, a saber: 1- Petrobrás 2- Vale 3- Google 4- Coc

5 casos bizarros de infantilidade no ambiente de trabalho

A máxima “não sabe brincar, não desça para o playground” parece servir para alguns adultos com síndrome de Peter Pan no mundo corporativo. Pesquisa realizada pelo Career Builder com 5 mil profissionais mostra que de 3 a cada 4 já presenciaram comportamentos dignos de um jardim de infância no escritório. 1. O dono da birra Dono da empresa costumava fazer birra, gritar e bater portas quando as coisas não caminhavam do jeito que ele queria. 2. Esconde-esconde Funcionário se escondia na empresa para fugir de deveres e obrigações do expediente 3. Armação ilimitada Funcionário armou uma cilada com o objetivo de colocar um colega de trabalho em apuros. Este tipo de comportamento também aparece na lista das puxadas de tapetes mais comuns no ambiente de trabalho. 4. O comilão Funcionário tinha por hábito atacar a comida alheia que estava na geladeira da empresa e deixar colegas de barriga vazia durante o expediente. 5. Almoço eterno Funcionário sa